Sementes distribuídas no espetáculo – A Travessia da Calunga Grande

“O espetáculo A Travessia da Calunga Grande tem como foco a questão da mestiçagem na formação do povo brasileiro. Depois de um ano de estudo percebemos que o tabu da nossa formação mestiça encontra-se justamente na procura por uma “identidade brasileira” que nos una e identifique. Essa identidade construída, por sua vez, procura mascarar nossas diferenças e desigualdades, assim como a violência racial expressa por nossa história colonial, que ecoa até hoje nas nossas relações sociais. Para a Cia.Livre, uma cultura não será suficientemente livre e plena, se não fizer jus à potência artística das fontes que a formaram e com as quais ainda convive. Revelar e reconhecer nosso passado sangrento é uma forma de entender o nosso presente desigual e possibilitar um futuro de relações mais justas e igualitárias. A importância histórica, simbólica e cultural desse projeto corresponde à sua temporalidade transversal e espacialidade de fronteiras unidas.” – Cibele Forjaz – diretora artística da Cia. Livre de Teatro

De 8 a 29 de abril de 2012 no SESC Pompéia / Quinta a sábado, 20h30, domingos, 18h30.

O Árvores Vivas está apoiando a temporada da peça A Travessia da Calunga Grande da Cia. Livre de Teatro com sementes de árvores nativas da Mata Atlântica. Todos os espectadores são convidados a germinar, cultivar e cuidar desta vida verde para nosso planeta e aqui nós damos mais detalhes sobre as espécies de árvores, dicas de como germinar e cuidar.

  • ibacuru, laranjinha-rugosa |  Eugenia neoverrucosa | Família Myrtaceae

Árvore rara da Mata Atlântica, produz frutos com pouca polpa e gosto levemente amargo como o sabor da guabiroba. Faz parte da família botânica das Myrtaceae, da qual também pertecem árvores como as conhecidas: pitangueira, goiabeira, jaboticabeira e muitas outras frutíferas nativas das matas de nosso país. Uma árvore adequada para cultivo em pequenos jardins.

  • laranja-de-macaco, bacupari-do-brejo, landim | Posoqueria acutifolia | Família Myrtaceae

Posoqueria vem do tupi-guarani e significa “bebida forte”, porque os índios usam a semente dela para fazer um tipo de café. Seus frutos são consumidos in-natura. Ocorre do Sul da da Bahia até Santa Catarina, aparecendo também no Pantanal e na Amazônia. O landim é uma árvore que pode atingir de 4 a 8 m de altura com casca fina e áspera de cor creme. Essa espécie adapta-se a qualquer altitude e solo, mais é importante enriquecer bastante o solo com matéria orgânica e cobertura morta (serrapilheira), pois a planta só é encontrada na natureza em terrenos férteis e úmidos ou mesmo em banhados com parte das raízes submersa na argila.*

  • guamirim, jaboticaba-do-campo | Eugenia pluriflora | Família Myrtaceae **

Árvore pode chegar a atingir de 4 a 8m de altura. Suas lindas e numerosas flores ficam reunidas muito próximas ao tronco. É encontrada naturalmente do Rio de Janeiro ao Rio Grande do Sul e é uma árvore ótima para reflorestamento em áreas de preservação, por produzir alimento para a avifauna, além de ser adequada para plantio em pequenos jardins e calçadas. Floresce no verão. Seu desenvolvimento é lento e a madeira pesada.

Germinando suas sementes:

Para germinar as sementes que você recebeu no espetáculo A Travessia da Calunga Grande, acesse o link desta página no UOL PASSO-A-PASSO com algumas opções de sementeiras. Você pode usar recipientes que existem na sua própria casa, como inclusive garrafas PET vazias. Lembre-se sempre de fazer a drenagem (furos) no fundo da garrafa para a água escorrer. Não afunde as sementes na terra, mais do que o tamanho delas, se fizer isso elas podem apodrecer e não germinar. Também cuide para que nunca falte água e observe suas sementes todos os dias, em cerca de 1 mês elas devem começar a brotar!

Caso queira compartilhar com a gente o andamento da sua semente é só enviar uma foto para o email arvoresvivas@gmail.com com o assunto: Sementes da Travessia

—————————————–

* Frutas Raras

** Flora Digital

4 respostas para “Sementes distribuídas no espetáculo – A Travessia da Calunga Grande”

  1. Gostaria de descobrir o nome da fruta ,gostaria de enviar uma foto como proceder !!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta para Instituto Árvores Vivas Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: